segunda-feira, 15 de setembro de 2008

GRUPO TEATRAL CUBANO EM BLUMENAU!


GRUPO TEATRAL CUBANO EM BLUMENAU!
TEATRO DEL CABALLERO – HAVANA, CUBA!

16 de Setembro, 19h30 – "DE PARÍS, UM CABALLERO".
Pequeno Auditório do Teatro Carlos Gomes


"El Caballero de Paris", um imigrante sem-teto espanhol que vivia a contar histórias principescas pelas ruas de Havana e presenteava as mulheres com flores, canetas e cartões confeccionados por ele próprio. Nunca foi grosseiro ou violento, ao contrário, era gentil e bondoso. A peça faz uma releitura da história de um personagem singular que mistura a figura do mendigo e do fidalgo na mesma pessoa. No palco, José Antonio Alonso, um dos fundadores do Teatro Buendia, o mais importante de Cuba revela uma intensa geografia da dor, da fome, dos delírios e visões de uma cidade que mudava vertiginosamente, enquanto o personagem sozinho envelhecia secretamente, mantendo uma do gesto, da imagem, que sempre nos assombra. O ator mostra a história do personagem, sua condição de imigrante, sua juventude, as perdas familiares e outros fatos que podem ter originado seus transtornos mentais.


17 de Setembro, 20h - "LA OCTAVA PUERTA"
Pequeno Auditório do Teatro Carlos Gomes

Alguma vez você já se perguntou, ao sair de casa, quanto de você fica atrás da porta que se fechou?"Este é um dos questionamentos que o grupo cubano Teatro del Caballero faz com o espetáculo "La Octava Puerta". A peça é uma comédia apresentada pelo premiado ator José Antonio Alonso, que também assina o texto em parceria com o dramaturgo Julio Cid. O ator se lança na história com a mesma força com que os setes exércitos se lançaram contra Tebas. Um para cada porta da muralha que protegia a cidade que sofria com as maldições lançadas por Édipo. Mas aqui, ele apresenta uma oitava porta que simboliza a necessidade de escapar, de se refugiar. Entendida desta maneira, a peça transmite um profundo conteúdo social: uma visão crítica da sociedade cubana e da sociedade de modo geral. Ele utiliza várias máscaras para representar os diversos personagens que interpreta. Na peça, esses adereços, que são instrumentos usuais no teatro, adquire um sentido e significado específico dentro do espaço cênico: compõe uma unidade entre os personagens e a realidade do espectador.

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) / R$ 15,00 (sócios do Teatro/ sócios do Clube do Assinante)/ R$ 10,00 (estudantes)

PRODUÇÃO CIA CARONA DE TEATRO
INFORMAÇÕES: 8424 9075 - MÁRCIO

Nenhum comentário: