sábado, 2 de agosto de 2008

Exposição de fotografias do Morro do Amaral apresenta a herança dos imigrantes que chegaram a Joinville antes dos alemães

Exposição
Bem-vindo ao meu lar
Exposição de fotografias do Morro do Amaral apresenta a herança dos imigrantes que chegaram a Joinville antes dos alemães

Bem antes da chegada dos imigrantes alemães e suíços, Joinville já era habitada por europeus. Desde a segunda metade do século 17, o local conhecido hoje como Morro do Amaral recebia a visita dos portugueses que colonizaram São Francisco do Sul. Essa ilha açoriana, dentro de Joinville, foi o alvo de uma expedição fotográfica no mês de julho. O resultado pode ser visto na exposição "Olhares para o Morro do Amaral", que será aberta hoje nas Livrarias Curitiba.Doze fotógrafos do Foto Clube de Joinville passaram um dia no bairro, caçando imagens. Ao chegarem ao Morro do Amaral, a primeira visão já foi arrebatadora: a baía da Babitonga, vista por um ângulo não tão conhecido. "Muitos joinvilenses não sabem que a cidade tem mar. Eu moro há 41 anos aqui e desconhecia que o Morro do Amaral é uma ilha", diz o fotógrafo André Vieira, integrante do Foto Clube.Segundo André, não é difícil avistar senhoras tecendo redes de pesca ou usando o pilão para fazer farinha de mandioca. "É um pessoal receptivo. Ao ver nossas câmeras, saíam para a rua para nos mostraros pontos mais conhecidosda comunidade."O historiador Dilney Cunha avisa que há mapas de 1846, feitos por Jerônimo Coelho, que já mostravam a existência de casas no Morro do Amaral. "Pela proximidade com São Francisco, é muito provável que o local era habitado desde a segunda metade do século 17", assinala.A mostra "Olhares para o Morro do Amaral" marca também os dez anos do Foto Clube de Joinville, que reúne fotógrafos amadores e profissionais. Para André, a exposição exemplifica bem os objetivos do grupo. "Cada fotógrafo mostrou um olhar bem diferente sobre o bairro. No fim, juntando todas essas imagens distintas, o resultado capturou perfeitamente o que é o Morro do Amaral."
Mais
O QUÊ: exposição "Olhares para o Morro do Amaral".
QUANDO: de segunda a sábado, das 10 às 22 horas.
ONDE: Livrarias Curitiba, Shopping Mueller, rua Sen. Felipe Schmidt, esquina com rua Pedro Lobo, Joinville.
QUANTO: gratuito.

Nenhum comentário: