segunda-feira, 7 de julho de 2008

Fórum Nacional de Museus

Fórum Nacional de Museus
Terceira edição do evento contará com cerca de dois mil participantes do Brasil e da Ibero-américa, somando 20 países participantes

A solenidade de abertura do 3º Fórum Nacional de Museus, que será realizada hoje, às 18h, no Centro de Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, contará com as presenças do ministro da Cultura interino, Juca Ferreira, e do diretor do Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Demu/Iphan), José do Nascimento Júnior. Também estarão presentes na mesa de abertura o secretário de Programas e Projetos Culturais (SPPC/MinC), Célio Turino, o secretário de Incentivo e Fomento à Cultura (Sefic/MinC), Roberto Nascimento, o vice-ministro da Cultura do Equador, Ramiro Noriega, o diretor geral e secretário em exercício da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Guilberto Savedra, e a presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Anita Pires.
Para o evento, estão sendo aguardadas cerca de duas mil pessoas, dentre profissionais de museus, museólogos, historiadores, antropólogos, artistas, arqueólogos, sociólogos, educadores, professores, secretários estaduais e municipais de cultura, agentes culturais, estudantes e representantes ibero-americanos da área de museus.
Essa terceira edição do Fórum, que será encerrada no dia 11, terá como tema Museus como Agentes de Mudança Social e Desenvolvimento, também adotado durante o Ano Ibero-americano de Museus. O evento foi instituído pelo Demu/Iphan com o objetivo de refletir, avaliar e estabelecer diretrizes para a Política Nacional de Museus (PNM) e para o Sistema Brasileiro de Museus (SBM).
O Encontro
A realização do Fórum Nacional de Museus - que busca promover a troca de experiências entre a comunidade museológica, sociedade civil, museus e órgãos de gestão museológica federais, estaduais e municipais - também visa novas diretrizes no sentido de democratizar o próprio museu compreendido como tecnologia e ferramenta de trabalho adequada para uma relação inovadora, criativa e participativa com o passado, o presente e o futuro.
Constam da programação minicursos de capacitação e reuniões dos grupos de trabalhos temáticos para discussão das diretrizes da PNM. Na programação paralela, o III Encontro Nacional de Estudantes de Museologia (Enemu), o 2º Encontro Ibero-Americano de Museus, a Assembléia Anual do Icom Brasil, o Encontro Nacional de Professores Universitários de Museologia e a reunião preparatória para o 1º Seminário sobre Museus-Casas e Memoriais de Presidentes da República.
Durante o Fórum, também haverá abertura de exposições e lançamentos de campanha, programa, portal, selo e publicações.
Campanha de Adesão ao SBM - A iniciativa visa ampliar e esclarecer o papel do Sistema Brasileiro de Museus como instrumento de articulação e democratização entre as instituições museológicas. O SBM busca o fortalecimento da ação conjunta, na direção de uma política pública para o setor.
Programa de Incentivo ao Voluntariado em Museus - Considerando os museus agentes de mudança social e desenvolvimento, o programa pretende expandir as possibilidades de atuação de voluntários de todas as idades, especialmente da terceira idade, nos museus brasileiros, oferecendo às instituições a Oficina de Gestão de Programas de Voluntariado em Museus. A iniciativa é resultado da parceria entre o Demu/Iphan, o Centro de Voluntariado de São Paulo e o Ministério da Previdência.
Portal Ibero-Americano de Museus - Ferramenta estratégica para a criação da Rede Ibero-Americana de Museus, além de disponibilizar informações sobre o Programa Ibermuseus, programas de capacitação e formação no setor, documentos e publicações oficiais, pretende oferecer serviços do Cadastro Nacional de Museus e Observatório de Museus da Ibero-América. Antes do lançamento, a proposta de criação do Portal, firmada na Declaração de Salvador - documento-final do 1º Encontro Ibero-Americano de Museus, será apresentada aos representantes dos países ibero-americanos para apreciação.
Selo e Carimbo do Ano Ibero-americano de Museus - Como parte da celebração do Ano Ibero-americano de Museus 2008, que reuniu uma agenda com mais de 900 eventos sobre o tema Museus como agentes de Mudança Social e Desenvolvimento, serão lançados selo e carimbo com a logomarca da iniciativa.
Exposições
· Museu Maré - Memórias e Re-existências, mostra composta por fotos e textos sobre a história Comunidade do Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, desde o período da ocupação da região, no Século XIX, até a formação das primeiras comunidades
· MST - 25 Anos: Direito à Memória e Direito a Terra, que apresentará duas réplicas de construções típicas de um acampamento do movimento - o barraco (a moradia) e a escola; o barraco terá estrutura de ripas de madeira e bambu, lona plástica preta, ferramentas de agricultura e utensílios domésticos; já a escola, reproduzirá todo o ambiente escolar, mas com recursos multimídias que mostrarão a temática histórica e social do MST
· UNE - 70 Anos de História e Memória, mostra que aborda a trajetória de lutas da entidade máxima de representação dos estudantes brasileiros a partir de fotos e artigos; também serão exibidos vídeos especiais sobre momentos que marcam as comemorações dos 70 anos do movimento estudantil
· Impressões Visuais - 50 Anos da Comissão Fullbright no Brasil, que pretende revelar diferenças e semelhanças entre as duas nações do continente americano, com material selecionado por meio de uma pesquisa de quase dois anos em arquivos brasileiros e estado-unidenses; as imagens se destacam por diferentes aspectos - histórico, documental e estético - e muitas delas receberam prêmios como o Pulitzer e o Esso de Jornalismo
· 1968/2008, exposição que marca os 40 anos das marchas estudantis de 68 e a repercussão do movimento no mundo; fotos de Adalberto Ipohorski, argentino que na época estudava em Paris e foi um observador privilegiado desses acontecimentos, e organização da design gráfica e filha de Ipohorski, Lanina Ipohorski
Publicações
· Quarto volume da Coleção Museu, Memória e Cidadania - Encontros Museológicos: reflexões sobre a Museologia, a Educação e o Museu, da museóloga e doutora em Educação Maria Célia Teixeira dos Santos. Essa coleção é do Departamento de Museus e Centros Culturais/IPHAN
· Museus como Agentes de Mudança Social e Desenvolvimento: propostas e reflexões museológicas, de Maria Cristina Oliveira Bruno e Kátia Regina Felipine Neves (orgs)
· Cadernos de Conservação e Restauro de Obras de Arte Popular Brasileira, do Museu Casa do Pontal
· Coleção Aventuras da Memória, coleção de iniciativa do Demu/Iphan que tem a intenção de aproximar as crianças do universo dos museus e da memória a partir das histórias dos livros Museu Vivo e Aventura da Memória, de Patrícia Secco
· Ibermuseus/Ibermuseos - 1º volume - Panoramas Museológicos da Ibero-América, e 2º volume - Reflexões e Comunicações. Memória, de José do Nascimento Junior e Mario de Souza Chagas (orgs), publicações do Demu/Iphan que relatam a memória do 1º Encontro Ibero-Americano de Museus, realizado em junho de 2007, em Salvador
· Cinco Anos da Política Nacional de Museu, publicação elaborada pelo Demu/Iphan que oferece um balanço das ações da PNM desde sua implantação, em maio de 2003
Outras informações: www.3forumnacionaldemuseus.com.br, no site do evento, ou (61) 3414-6234 e demu@iphan.gov.br, no Departamento de Museus e Centros Culturais do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Demu/Iphan

Nenhum comentário: