terça-feira, 17 de junho de 2008

lançamento do livro “13 CASCAES”,

Em comemoração ao centenário de nascimento de Franklin Cascaes, quinta-feira, dia 19, às 19 horas, na Casa da Memória, acontece o lançamento do livro “13 CASCAES”, primeiro título da editora da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC). Embora a instituição já tenha publicado anteriormente muitos títulos, este é o primeiro com uma proposta editorial mais ousada, a Fundação Franklin Cascaes Publicações pretende desenvolver uma cuidadosa linha de publicações, com edições que por um lado resgatem a memória local e que, por outro, registrem a literatura e a arte contemporâneas de Florianópolis. A proposta do superintendente da FFC, Vilson Rosalino, é a de abrir o selo à publicação de autores da cidade, selecionados através de Conselho Editorial, conselho este em fase final de constituição.“13 CASCAES” é uma da coletânea de contos que inclui Adolfo Boos Jr., Amilcar Neves, Eglê Malheiros, Fábio Brüggemann, Flávio José Cardozo, Jair Francisco Hamms, Júlio de Queiroz, Maria de Lourdes Krieger, Olsen Jr., Péricles Prade, Raul Caldas Filho, Salim Miguel e Silveira de Souza, com depoimento de Gelci José Coelho (Peninha), ilustrações de Tércio da Gama e edição de Dennis Radünz. O elemento comum entre os 13 contos é a figura do nosso múltiplo Franklin Cascaes. Cada autor, a sua maneira, construiu uma história em que Cascaes, ou sua obra, aparecem ora como protagonista, ora como figurante da trama criada. A idéia da coletânea é de Salim Miguel e Flávio José Cardoso e acolhida por Vilson Rosalino de Silveira, que viu na coletânea um elemento importante para integrar às comemorações do centenário do nascimento do folclorista e pesquisador. “13 CASCAES" será vendido a R$ 25 (vinte e cinco). Os livros estarão a venda na Casa da Memória (r. Pe. Miguelinho, 58) e nas principais livrarias da cidade. Na ocasião do lançamento haverá projeção de imagens (em um telão colocado na rua, em frente à Casa da Memória) da obra de Cascaes e outras da cidade e que fazem parte do acervo da instituição. Segundo Dennis Radünz, atual coordenador de Patrimônio da FCFFC e editor executivo do selo, as publicações previstas para 2008 cumprem o cronograma do centenário do pesquisador Franklin Cascaes, com três títulos: '13 Cascaes', que está sendo lançado agora, 'Crônicas de Cascaes' (48 textos que o mitólogo publicou na imprensa local entre 1957 e 1960) e um livro-objeto de arte-educação da pesquisadora Telma Piacentini sobre as brincadeiras infantis na obra de Franklin Cascaes. Para breve, estão agendados os lançamentos das reedições dos cadernos "Manifestações Culturais de Florianópolis" e "Florianópolis: síntese histórica" e dois livros surgidos nos concursos literários da FFC: "Diário de Bordo", de Di Huri Duarte, e "Concurso de Contos", reunindo cinco autores estreantes. A segunda edição de "Memória urbana", de Eliane Veras da Veiga, e uma antologia de Araújo Figueredo completam os títulos em produção. Conforme o editor, "os movimentos das artes visuais e da literatura contemporâneas na cidade despontam com uma força surpreendente e merecem suas publicações. A Editora é organismo vivo, se alimenta de textos, de autores, de coletivos de criação. O selo é da cidade. Os livros são o futuro", completa Radünz.

Nenhum comentário: