terça-feira, 20 de maio de 2008

Múltiplas

Cultura
Fritz Alt e De Haro na parede

Dois dos maiores artistas plásticos de Santa Catarina têm suas obras de grandes dimensões expostas em áreas movimentadas - trabalhos que aproximaram Fritz Alt e Martinho de Haro de pessoas que pouco freqüentam museus e salões de arte.O alemão Fritz Alt é o autor do painel na fachada da Biblioteca Pública de Joinville, que faz menção à evolução do homem como ser humano e espécie. A obra montada em 1949 na fachada do Sesi, também no centro da cidade, foi retirada para restauração no ano passado. As 58 mil pastilhas retratam o crescimento industrial na cidade.Já Martinho de Haro consolidou seus murais em Florianópolis. É dele a pintura "Folclore e Indústrias de Santa Catarina", montada no hall da reitoria da Universidade Federal (UFSC). Martinho de Haro valorizou em seus painéis os costumes regionais e reproduções de vistas urbanas, como os 17 murais criados para as sedes da Legião Brasileira de Assistência na década de 1940.
--------------
Artes plásticas
Diego de los Campos fala sobre sua obra

O artista uruguaio, radicado em Florianópolis, Diego de los Campos estará hoje na sala multiúso do Museu Victor Meirelles, às 15 horas, na Capital. Diego fará uma exposição de seu trabalho e o público terá a possibilidade de dialogar com o artista. Até 21 de agosto, ele segue com exposição no museu, integrando a 10a edição do Projeto Diálogos com a Desterro. Com o desenho "Reflexão", produzido especialmente para o projeto, Diego de los Campos cria um diálogo com a obra "Vista do Desterro", de Victor Meirelles.

Nenhum comentário: