quinta-feira, 1 de maio de 2008

Evento começou ontem, com uma área maior de exposição

Feira do Livro
Mais espaço para preços acessíveis
Evento começou ontem, com uma área maior de exposição

Com uma área coberta 200 metros quadrados maior em relação ao ano passado, a Feira de Rua do Livro de Florianópolis abriu ontem, na Praça da Alfândega, para o deleite dos leitores. Às 9h, sete horas antes da cerimônia oficial de abertura, já havia pelo menos uma centena de pessoas esperando para acessar os estantes.Com a ampliação do espaço coberto - que agora tem 1,6 mil metros quadrados - , a feira ganhou quatro estandes a mais, passando de 32 para 36 expositores. Após a chuva e o vento forte registrados durante toda a terça-feira, a quarta começou com sol e favoreceu a circulação de leitores pelos corredores do evento.- Estávamos passando, por acaso, e resolvemos entrar para pesquisar os preços. Vamos voltar para comprar algum livro - comentou Patricia Medeiros, que estava acompanhada pela amiga Ana Paula Pinheiro, ambas de Rio Claro (SP) e que acabaram de se mudar para a Capital.De São Paulo também vem a Zuca Livros, empresa especializada em feiras - sem sede fixa - e que oferece livros a preços acessíveis, com descontos de até 70%. Santos & Pecadores - História dos Papas (Cosac & Naify), de Eamon Duff, à venda por R$ 65 nas livrarias, pode ser comprado por R$ 19,90 na feira.- Compramos em grandes quantidades e conseguimos bons descontos - explicou a proprietária Zuleica Altava.Uma das livrarias que aumentou a área de exposição foi a Navegar, de Garopaba. Na primeira vez que participou da Feira de Rua de Florianópolis, em 2006, a livraria dividiu o espaço com outra empresa.No ano passado, a Navegar garantiu um espaço para si e neste ano tratou de ampliar a área. A sócia-proprietária Ester Cardoni disse que a livraria mudou o perfil para oferecer ao público uma opção diferenciada. Neste estande os leitores encontram livros para o público acadêmico e literatura "alternativa", que não se restringe aos best sellers.- Precisamos ousar. Vamos ver se o público aceita - comentou Ester.O presidente da Câmara Catarinense do Livro (CCL), entidade que realiza a feira, José Vilmar da Silva, afirmou ter ficado surpreso com a movimentação do público nas primeiras horas da manhã.- Os expositores ainda estavam fazendo os últimos ajustes e já havia gente esperando para entrar - salientou Silva.A Feira de Rua do Livro de Florianópolis acontece até o dia 10 de maio, sempre das 9h às 20h. A entrada é gratuita.( marcio.alves@diario.com.br )MÁRCIO MIRANDA ALVES
Programação
9h - narração de histórias com Luis Augusto, no Espaço Cultural
9h30min - sessão de cinema, no auditório
10h - sessão de autógrafos com Roberto Carlos Brazzo, autor de Flores e Espinhos, no Espaço dos Escritores
14h - sessão de autógrafos com Sonia Ripoll, autora de A Quem Amo, no Espaço dos Escritores
14h - narração de histórias com Luis Augusto, no Espaço Cultural
14h - sessões de cinema no auditório
17h - sessão de autógrafos com Jarbas Godoy, autor de Razões para melhor viver a maturidade, no Espaço dos Escritores
hagah.com.br
Confira a programação da Feira

Nenhum comentário: